Área de Conhecimento

Nesta secção há o compartilhamento de artigos, textos, opiniões e ideias sobre assuntos que envolvem a nossa sociedade como um todo de forma a permitir o desenvolvimento de uma opinião crítica principalmente sobre situações que envolvem o nosso dia a dia, não apenas como pessoas, em nossas relações mais próximas, bem como aquelas interações profissionais.

Parada cardíaca não é sinônimo de morte!

O atendimento imediato ao paciente constitui a chave para o sucesso de sua recuperação. O leigo, ao reconhecer o fato em si (pessoa inconsciente, sem respostas às indagações), - chamar o serviço de emergência e, a seguir, de forma calma (dentro de cinco minutos) proceder com as manobras básicas de reanimação(“massagem cardíaca” – compressão torácica), respiração boca-a-boca e, se necessário, aplicar o DEA(“choque elétrico”), - com  estes serviços, está a colocar,com segurança, a vítima para a chegada do serviço de emergência ou do profissional da área da saúde.

Lembre-se: a vítima pode ser você!

 

E um lembre-te: Uma das causas de parada cardíaca, tanto no homem como na mulher – após os sessenta anos - é a ruptura da aorta abdominal( dilatação da aorta abdominal), entidade  que evolui de forma assintomática, cujo perfil deva ser avaliado profilática e anualmente, como rotina, tais como os exames rotineiros para  pesquisa de câncer mamário e prostático : é entidade de natureza  cirúrgica.