Área de Conhecimento

Nesta secção há o compartilhamento de artigos, textos, opiniões e ideias sobre assuntos que envolvem a nossa sociedade como um todo de forma a permitir o desenvolvimento de uma opinião crítica principalmente sobre situações que envolvem o nosso dia a dia, não apenas como pessoas, em nossas relações mais próximas, bem como aquelas interações profissionais.

Momentos Decisivos

Pelo menos três momentos foram responsáveis pelas grandes transformações da sociedade humana. Foram processos acelerados onde a sociedade entrou de uma forma e saiu de outra. Das velhas estruturas sociais emergiram novas, como o nascimento de borboletas que saíram dos casulos onde se transformavam. Um desses momentos foi a revolução da  escrita. Ela se desenvolveu por volta de 4.000 anos A.C na região da mesopotâmica. Os sumérios desenvolveram um sistema de imprimir em tabuinhas de barro, com estiletes em forma de cunha, e daí no nome de cuneiforme. Outros povos desenvolveram seus sistemas de escritas até o aparecimento do alfabeto. Graças a isso o conhecimento pode se propagar pelo mundo antigo e foi responsável pelos avanços científicos, da matemática à filosofia, da física à metafísica, da  história à literatura. Foi o maior salto da humanidade desde que os seres humanos saíram das cavernas e se estabeleceram nas sociedades hidráulicas em busca de melhores condições de vida para todos.

 

O segundo salto se deu na passagem da Idade Média para a Idade Moderna, quando o sistema feudal deu origem ao capitalismo. Diante das investigações científicas mudanças nas concepções religiosas tudo ficou de pernas para o ar. Até o planeta que era plano ficou redondo. Um novo continente foi encontrado e a sede do pensamento deixou de ser o coração e se instalou no cérebro. Deus passou para a periferia das preocupações e deixou o lugar para o homem. Uma máquina primitiva imprimiu, pela primeira vez, em série, um livro. Houve uma explosão de ideias, conhecimento, debates e difusão de novas concepções. Nunca tantos tiveram acesso a cultura humanística e científica. Os esforços reacionários a essa onda não foram capazes de impedir que as ideias percorressem a Europa e em pouco tempo fossem divulgadas nas colônias. Torturas, julgamentos sumários, decapitações, massacres, autos de fé, índices de livros proibidos nada foi capaz de reinstalar a ordem que desmoronou irremediavelmente.

 

O terceiro salto é o que estamos vivendo no Século 21. O capitalismo se globalizou e alcançou praticamente todos os países do mundo e difundiu a economia de mercado com todas as suas contradições. Elas são inerentes aos sistemas. O advento da rede mundial de computadores pulverizou o conhecimento, compartilhou as dúvidas e certezas e capilarizou a recepção e emissão de noticias. Diferentemente das outras ocasiões ás transformações são aceleradíssimas  e uma atropela a outra. Chegam aos mais longes rincões do planeta e impactam pessoas de todos os níveis de escolaridade. Nada fica imune a troca de textos, fotos, vídeos, arquivos que contêm informações, pesquisas, teses, ficções, fantasias, ensaios e tudo mais que a mente humana é capaz de conceber. Os exemplos do passado mostraram que a humanidade mudou, daí se concluir que ela vai novamente mudar. Cabe a cada um que participa do processo tentar descobrir para onde.