Área de Conhecimento

Nesta secção há o compartilhamento de artigos, textos, opiniões e ideias sobre assuntos que envolvem a nossa sociedade como um todo de forma a permitir o desenvolvimento de uma opinião crítica principalmente sobre situações que envolvem o nosso dia a dia, não apenas como pessoas, em nossas relações mais próximas, bem como aquelas interações profissionais.

Afinal, não é começar tudo de novo... é muito mais que isso.

 O começo de um novo ano costuma trazer muitas coisas em nossa mente.

Para algumas pessoas um velho mote vem à tona “ih, lá vai começar tudo de novo”.

Será que isso é cabível?

Muitas vezes é.

Por outro lado, ao observarmos de uma forma prática e sem grandes preocupações, a mudança de um ano nada mais é que uma simples alteração de unidade.

E sendo assim, porque não pensar como se fosse uma continuidade?

Se bem que o desejado por muitos, sobretudo em um novo ano, é justamente a mudança.

Para melhor...

Talvez por isso é que existam as famosas promessas de ano novo, como se ele fosse um marco... “daqui para frente tudo vai ser diferente”.

Se isso nos faz sentir melhor, que bom.

Que seja este gatilho.

Por outro lado, a realidade tende a ser mais implacável.

Nada precisa ser tão diferente assim, bem como não é necessário um novo ano para colocarmos algumas coisas em prática.

Este “sentimento” de ano novo pode começar qualquer dia.

Somos realmente capazes de nos recriar sempre, a qualquer hora, minuto ou até mesmo segundo.

Podemos passar a fazer a diferença, ou diferente, sempre.

A mudança desta unidade, portanto, não irá nos modificar, uma vez que apenas nós somos capazes disso.

A qualquer momento.

Se precisamos nos capacitar mais em algum assunto, porque não começar hoje?

Sempre é tempo.

Se é cabível que sejamos mais pacientes em nossas relações, porque não começar agora?

Sempre é tempo.

Tudo que queremos, podemos.

Basta buscar.

Uma vez merecedores, seremos presenteados.

Tudo passa pela verdadeira e efetiva vontade de mudar, e para isso não dependemos rigorosamente de ninguém.

E mesmo mudando, se for o caso, caberá nos mantermos fieis aos valores que nos trouxeram até aqui.

Nada é por acaso, e o que melhorarmos hoje, com certeza, dará frutos lá na frente.

Não são palavras e/ou promessas soltas que nos farão mais motivados a buscar aquilo que almejamos.

Mas sim, a predisposição para tal.

E isso vem do nosso interior.

Portanto, eis que começamos uma nova semana e o que podemos fazer de novo em nossa vida?

Inúmeras oportunidades de fazer um dia melhor que o outro.

Pequenas coisas tendem a dar grandes resultados.

Nem que seja um bom dia, olhando nos olhos da pessoa cumprimentada, ou até mesmo um convite para almoçar ou jantar com alguém que já não faz parte de nossa vida.

Ou, até mesmo, responder um e-mail de alguém que nos contata.

Cada um a seu passo e a seu tempo.

Um grande 2015 para todos.