Área de Conhecimento

Nesta secção há o compartilhamento de artigos, textos, opiniões e ideias sobre assuntos que envolvem a nossa sociedade como um todo de forma a permitir o desenvolvimento de uma opinião crítica principalmente sobre situações que envolvem o nosso dia a dia, não apenas como pessoas, em nossas relações mais próximas, bem como aquelas interações profissionais.

Como amar tanto alguém que sequer conheço.

Por ser gloriosa na batalha de seus pais para conquistá-la, teria que ser Luísa.

Veio como uma luz para iluminar o caminho de tantos, daí ser também Elena.

Luísa Elena, nome rebuscado, como diria minha mãe, chique.

És muito mais que isso.

A mais legítima representante dos valores de seus entes.

Lá de cima, tantos te abençoam.

Imagino a alegria do seu avô xará.

É o coração dele que abraça o seu.

Seus bisos, então...

Conheço uma delas, a Noel, que certamente já te chama de ‘luluquinha’.

Ruth te aconchega, desde sempre, nos abraços mais macios.

Osvaldo e Felipe disputam para saber com que você se parece mais.

Quanta ‘lambição’!!!

Cá embaixo, outros te amamos mais que nossas próprias vidas.

Tão desejada que foi, sua chegada foi vivida a cada momento.

Humilde, mas sabedora de si, você nos fez esperar muito.

Gentil, afinal, esperar por uma alegria já é uma alegria.

Seus olhos firmes dizem muito sobre você.

Brasileirinha de sangue, nascida em terras italianas, és britânica.

Como diriam meus conterrâneos alencarinos, és do tipo ‘exportação’.

Fruto do mais sublime amor, tão desejada e querida.

És amada desde muito antes de abrir seus olhos.

Sequer a conheço e já te amo tanto.

Como pode isso?

Já consigo ouvir....

Se soubesse o que é ser Luísa Elena, entenderia melhor.

 

Seu tio, José Renato