Área de Conhecimento

Nesta secção há o compartilhamento de artigos, textos, opiniões e ideias sobre assuntos que envolvem a nossa sociedade como um todo de forma a permitir o desenvolvimento de uma opinião crítica principalmente sobre situações que envolvem o nosso dia a dia, não apenas como pessoas, em nossas relações mais próximas, bem como aquelas interações profissionais.

Só é possível gerir, aquilo que se pode medir

 

Não há almoço grátis!

Uma velha expressão muito citada no mundo corporativo.

Também uma verdade no dia a dia de nossos relacionamentos pessoais.

Talvez traga algo mais evidente em seu significado.

Algo como, “nada é graça”.

Tudo vem acompanhado de alguma expectativa.

Sempre há algum interesse.

Talvez uma visão rude, mas verdadeira.

Toda atividade e/ou ação demanda algum proposito.

Em qualquer ramo de atividade.

Mesmo a mais simplória ação, sem menor pretensão.

Quando agrupadas trazem resultados.

Não há problema algum nisso.

Muito pelo contrário.

Creio que quando sabemos disso de forma clara, isto é até mesmo benéfico.

Nos da um termômetro.

Um parâmetro para melhorar.

Se quisermos, é claro?

Nas organizações, mais do que uma necessidade.

Uma questão de sobrevivência.

Afinal, nada é de graça.

E toda atividade desenvolvida deve ter um intento a ser atendido.

Um motivo, um porque, uma meta.

Nem sempre temos a ciência deste “motivo”.

Impossível esquecer isso.

Justamente por conta disso, vale uma verdade definitiva.

Só é possível gerir aquilo que você pode controlar.

A adoção de indicadores é uma premissa básica.

Acompanhamos indicadores.

Analisamos.

Discutimos.

Efetivamos melhorias.

Perpetuamos progresso.

Afinal, nada é de graça.