Área de Conhecimento

Nesta secção há o compartilhamento de artigos, textos, opiniões e ideias sobre assuntos que envolvem a nossa sociedade como um todo de forma a permitir o desenvolvimento de uma opinião crítica principalmente sobre situações que envolvem o nosso dia a dia, não apenas como pessoas, em nossas relações mais próximas, bem como aquelas interações profissionais.

“Uma pessoa que comete um erro diferente de cada vez, não é tão burra assim.” (Anônimo)


“A árvore quer sossego, mas o vento não pára de soprar.” (Anônimo)


“O voto secreto sugere traição.” (Anônimo)


“Sutileza é dizer o que a gente pensa de forma a poder dar o fora antes que alguém entenda.” (Anônimo)


“Devemos aprender com a cana de açúcar que após ficar exposta ao sol é prensada, e ainda dá o açúcar.” (Dom Helder Câmara)


“Para os erros alheios temos os olhos de um lince; para os nossos próprios, os olhos de uma toupeira.” (Anônimo)


“Recompense a injúria com justiça e a gentileza com gentileza.” (Confúcio)


“Numa sociedade com base no conhecimento, por definição é necessário que você seja estudantes a vida toda.” (Tom Peters)


“O maior segredo do sucesso na vida é a pessoa estar pronta quando a oportunidade aparecer.” (Benjamin Disraeli)


“É muito mais fácil seguir um líder do que liderar seguidores.” (Anônimo)


“Os navios estão a salvo nos portos, mas não foi para ficarem ancorados que eles foram criados.” (Anônimo)


“O homem prudente aprende com a experiência própria; o sábio, com a dos outros.” (Anônimo)


“Aquilo que aprendemos vale bem mais do que aquilo que nos ensinam.” (Alex Periscinoto )


“Não arriscar nada é arriscar tudo.” (Cesare Cantú)


“Nada é duradouro como a mudança.” (Borne)


“Todos os vícios quando são da moda, passam por virtudes.” (Moliere)


“Um erro é evidência de que alguém tentou fazer alguma coisa.” (Anônimo)


“Leia mais romances e menos livros sobre negócios. As relações são tudo.” (Tom Peters)


“Firmeza de carater pode ser apenas burrice teimosa.” (Anônimo)


“O mais importante na comunicação é ouvir o que não foi dito.” (Peter Drucker)